As Rebeliões Regenciais: A Cabanagem

A Cabanagem (1835-1840)

A Cabanagem pode ser considerada uma grande tentativa de transformar a situação social em que se encontravam os habitantes do Pará. A população, composta em sua maioria por negros, índios e mestiços, vivia em cabanas às margens dos rios, daí o nome da rebelião. Sobreviviam da extração de produtos da floresta e quase todos passavam por extremo estado de miséria.

Organizaram então o levante, que buscava a tomada do poder na província. De início, foram apoiados pelos fazendeiros, descontentes por não conseguirem participar da política local, determinada pelo governo regencial.

Aproveitando a insatisfação geral, alguns fazendeiros rumaram para Belém, capital da província. Ao chegarem na capital, acabaram tomando o poder e instituindo um governo dos cabanos. A repressão do Governo não tardou. Usando de extrema violência, a Guarda Nacional acabou com a revolta, com um saldo de quarenta mil mortes em uma população de aproximadamente cem mil habitantes.

Londrinense, 22 anos, graduando de História pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Além da história, possui uma enorme admiração por astronomia e assuntos relacionados ao universo.
COMPARTILHE!

Lucas Valle

Londrinense, 22 anos, graduando de História pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Além da história, possui uma enorme admiração por astronomia e assuntos relacionados ao universo.

Gostou? Deixe uma resposta!