As Rebeliões Regenciais: A Farroupilha

A Farroupilha (1835-1845)

A Farroupilha, um dos mais longos movimentos rebeldes que já aconteceram na história do Brasil, foi iniciada pela insatisfação dos fazendeiros gaúchos em relação ao imposto sobre o charque (carne seca). Com esse imposto, os produtores gaúchos não conseguiam concorrer com o charque argentino, que entrava no Brasil com baixas taxas de produção e importação.

Liderados por Bento Gonçalves, os proprietários de terras, apoiados por representantes do povo chamados de “farrapos”, invadiram Porto Alegre e obrigaram o presidente da província a fugir. O governo central agiu com firmeza, tentando acabar com a rebelião, mas não obteve êxito. Em 1836, os revoltosos proclamaram a república Rio-Grandense, também chamada de república do Piratini. Com a expansão do movimento, foi proclamada em 1839 a república Juliana, em Santa Catarina, sob o comando de Davi Canabarro. Também em 1839, a rebelião ganhou o apoio do revolucionário Giuseppe Garibaldi.

No ano de 1840, o Brasil passava por grandes mudanças políticas devido ao golpe da Maioridade. O governo de D. Pedro II nomeou então para a presidência do Rio Grande o barão de Caxias, que ocupou os principais pontos de abastecimento das tropas sul-rio-grandenses. Os farrapos aceitaram, então, um acordo de paz, conhecido como a Paz de Ponche Verde.

Entre as conquistas dos farrapos estavam:

  • Anistia aos revoltosos.
  • Os oficiais farroupilhas entrariam para o Exército, ocupando os mesmos postos que tinham durante a rebelião.
  • Os escravos que lutaram ao lado dos rebeldes foram libertados pelo governo.
  • O imposto sobre o charque argentino sofreu aumento de 25%.
Londrinense, 22 anos, graduando de História pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Além da história, possui uma enorme admiração por astronomia e assuntos relacionados ao universo.
COMPARTILHE!

Lucas Valle

Londrinense, 22 anos, graduando de História pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Além da história, possui uma enorme admiração por astronomia e assuntos relacionados ao universo.

78 comentários em “As Rebeliões Regenciais: A Farroupilha

Gostou? Deixe uma resposta!