Cartografia temática

Entenda os principais tipos de mapas temáticos e os símbolos usados e também .

A cartografia é a ciência que elabora e produz mapas. O mapa temático é uma representação da superfície terrestre podendo nos indicar visualmente alguma informação ou elemento.

O mapa temático possui a vantagem de permitir uma visão geral (global), específica e mensurável dos fenômenos representados (JOLY, 1990). É diferente representar um tema no mapa do que no quadro numérico ou gráfico. No mapa é mais perceptível a diferença ou semelhança do objeto, enquanto, no quadro deve-se comparar os dados numéricos. Por isso, a interpretação do mapa é fundamental para compreender os fenômenos geográficos.

No vestibular é comum encontrar em certas questões os mapas temáticos, que exige ao candidato uma interpretação cartográfica e de conhecimento geral sobre um determinado assunto.

Cartografia temática

O mapa temático tem a intenção de representar algum tema ou informação através de um conjunto de símbolos e ou de cores. Cabe ao leitor desvendar e analisar as informações contidas no mapa. A seguir destacamos os principais símbolos utilizados no mapa.

Símbolos

Veja abaixo o quadro extraído de Joly (1990) que sintetiza os principais símbolos e suas características:

  • Forma: permite uma qualificação dos objetos e permitir comparar visualmente os dados.
  • Tamanho: a proporção do objeto facilita a comparação entre quantidades distintas;
  • Orientação: usado nos mapas monocráticos (sem cores), permitindo uma comparação (vide a zonal)
  • Cor: permite comparar visualmente os fenômenos representados no mapa, sendo que a cor mais escuras significa maior intensidade do objeto.
  • Valor: – permite diferenciar subgrupos e também de permitir uma classificação (ordenação em série progressiva) pelas cores
  • Granulação: indica uma classificação ordenada
Resultado de imagem para mapa zonal
Símbolos pontuais de forma

 

A seguir tem o mapa Brasil Agrário, que representa uma síntese das características do conflito no campo brasileiro.

 

O mapa abaixo sobre as vítimas fatais de conflitos no campo entre 1985 e 1996 destaca a intensidade e a localização do objeto.

Mapa que representa as principais empresas dos EUA em cada região norte-americana

Fonte: 37 mapas que não ensinam na escola

Abaixo tem dois mapas com granulação e valor.

Entenda as características dos símbolos:

  • Associativa: permite comparar um fenômeno com outro.
  • Seletiva: diferencia um objeto do outro
  • Ordenada: classificação progressiva
  • Quantitativa: tendo uma proporcionalidade dos símbolos que servem como referência para o tema específico.

Principais temas:

a) Mapas hipsométricos

Hipsometria é relativo a altitude (distância em metros do nível do mar) e representada através de diferentes cores. A cor mais escura (desde alaranjado ou marrom) representa altas altitudes. Enquanto a cor mais próxima ao verde indica baixas altitudes.

Mapa hipsométrico

Outras formas de representar o relevo é através de curvas de nível.

Quanto mais próximo estiver as curvas de nível mais inclinado será o relevo. E ao contrário, quanto mais afastado estiver as curvas de nível menos inclinado será o relevo.

b) Anamorfose

É uma técnica cartográfica que busca comparar diferentes valores por meio da sobreposição de cartas, sem se preocupar com as formas. Dependendo da temática utilizada, a técnica pode alterar completamente as formas do continente deixando-as maiores ou menores.

Anamorfose destacando a região mais populosa
Anamorfose destacando as principais economias: repare nos EUA, Europa, China e Japão.

Dicas para interpretar um mapa

A primeira dica para interpretar um mapa é se atentar ao título da representação e observar o assunto principal.

Feito essa análise, é importante entender visualmente a área destacada no mapa, buscando entender algum padrão ou diferença nas informações.

Naturalmente, para entender visualmente o mapa, deve-se observar os símbolos ou as cores destacadas no mapa.

Em alguns momentos, o conhecimento geral em geografia permite compreender o contexto do tema representado no mapa.

De certa forma, não existe um segredo para interpretar o mapa e para isso precisa-se colocar em prática as dicas.

Fontes:

ESSASEOUTRAS. Cartografia temática -Tudo sobre Cartografia Temática: Definição, Exemplos, Mapas, Anamorfose e mais. Disponível em: http://essaseoutras.xpg.uol.com.br/cartografia-tematica-definicao-exemplos-mapas-anamorfose-e-mais/

JOLY, Ferdinand. A cartografia. Tradução Tânia Pellegrini. Campinas/São Paulo: Papirus, 1990.

PENA, Rodolfo Alves. Cartografia. Mundo educação. Disponível em: http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/tipos-mapas.htm

Graduado e mestre em Geografia pela Unesp, campus de Presidente Prudente (SP). É atualmente professor de geografia em escolas particulares e públicas e professor de geopolítica em cursinho preparatório para vestibular. Escreve no Geografia no Vestibular e no Educa Help.
COMPARTILHE!

Leandro Nieves

Graduado e mestre em Geografia pela Unesp, campus de Presidente Prudente (SP). É atualmente professor de geografia em escolas particulares e públicas e professor de geopolítica em cursinho preparatório para vestibular. Escreve no Geografia no Vestibular e no Educa Help.

Gostou? Deixe uma resposta!