Hidrocarbonetos

Hidrocarbonetos, também chamados de hidratos de carbono, são compostos orgânicos formados exclusivamente por átomos de carbonohidrogênio, como o próprio nome sugere.

Podemos classificar os hidrocarbonetos em grupos segundo os tipos de ligações e o fechamento da cadeia principal. Veja abaixo:

  1. Alcanos, ou hidrocarbonetos parafínicos: São acíclicos e saturados, isto é, possuem cadeias abertas e somente ligações simples. Formam o petróleo e o gás natural. Fórmula geral: (CnH2n + 2). O metano (CH4) e o butano (C4H10) são exemplos:
  2. Acenos: são hidrocarbonetos acíclicos e que possuem uma ligação dupla entre dois carbonos da cadeia principal. Fórmula geral: (CnH2n). Observe a fórmula estrutural plana do eteno (C2H4) e do propeno (C3H6).
  3. Alcinos: São acíclicos e insaturados por uma ligação tripla. Fórmula geral: (CnH2n – 2). Veja a estrutura do etino (C2H2).
  4. Ciclanos: São cíclicos e saturados, ou seja, possuem cadeias fechadas e apenas ligações simples. Fórmula geral: (CnH2n).
  5. Ciclenos: São cíclicos e insaturados por uma ligação dupla. Fórmula geral: (CnH2n – 2).
  6. Ciclinos: São cíclicos e insaturados por uma ligação tripla. Fórmula geral: (CnH2n-4).
  7. Alcadienos: Também chamados simplesmente de dienos, são insaturados por duas ligações duplas. Fórmula geral: (CnH2n-2). O propadieno (C3H4) é o dieno mais simples que há.
  8. Aromáticos: São hidrocarbonetos que possuem um anel aromático, ou benzênico. Esse anel é caracterizado por um ciclo de seis carbonos com ligações duplas intercaladas. O próprio benzeno (C6H6) é um exemplo.

A nomenclatura dos compostos orgânicos obedece determinadas regras estabelecidas pela União Internacional de Química Pura e Aplicada (UIPAC, sigla em inglês). Basicamente, os nomes de todos os compostos são divididos em: prefixo, infixo e sufixo.

O prefixo indica a quantidade de átomos de carbono (C) da cadeia principal da molécula. No exemplo acima, o prefixo “prop” indica que o composto possui três carbonos em sua cadeia principal. Veja abaixo uma tabela com os prefixos mais cobrados. É essencial que você memorize todos eles!

Prefixo Nº de carbonos
Met 1
Et 2
Prop 3
But 4
Pent 5
Hex 6
Hept 7
Oct 8
Non 9
Dec 10

O infixo indica o tipo de ligação entre os átomos de carbono (C) da cadeia principal. Os principais infixos são:

an Indica que o composto possui apenas ligações simples entre os átomos de carbono da cadeia principal.
en Indica que o composto possui apenas uma ligação dupla entre os átomos de carbono da cadeia principal.
in Indica que o composto possui apenas uma ligação tripla entre os átomos de carbono da cadeia principal.
dien Indica que o composto possui apenas duas ligações duplas entre os átomos de carbono da cadeia principal.
diin Indica que o composto possui apenas duas ligações triplas entre os átomos de carbono da cadeia principal.
enin Indica que o composto possui uma ligação dupla e uma tripla entre os átomos de carbono da cadeia principal.

Quando necessário, é imprescindível que seja indicado em qual ou quais carbonos estão as ligações duplas e/ou triplas. Para isso, é preciso numerar os carbonos da cadeia principal partindo sempre do carbono da extremidade que esteja mais próxima da instauração, isto é, do carbono da “ponta” da cadeia próximo à dupla e/ou tripla ligação.

É importantíssimo notar que a insaturação se estabelece entre dois carbonos, mas só podemos nomear o composto utilizando o menor número entre os dois carbonos que formam a insaturação.

Por fim, o sufixo indica a função orgânica do composto nomeado. Para todos os hidrocarbonetos, o sufixo sempre será a vogal “o“. Veja a tabela com algumas funções orgânicas e seus sufixos.

Hidrocarbonetos o Aldeídos al
Ácidos carboxílicos oico Álcoois ol
Cetonas ona Aminas amina

No próximo artigo, vamos estudar a nomenclatura de hidrocarbonetos ramificados.

Sou Farmacêutica formada pela UFMG e Mestre em Química pela mesma Instituição. Lecionei matérias relacionadas à Química para Cursos Técnicos e Superiores.
COMPARTILHE!

Débora Barbosa

Sou Farmacêutica formada pela UFMG e Mestre em Química pela mesma Instituição. Lecionei matérias relacionadas à Química para Cursos Técnicos e Superiores.

Gostou? Deixe uma resposta!