Erros mais comuns que os Brasileiros fazem em Inglês

Hey sweeties,

How was your week? (Como foi sua semana?)
Estamos todos bem! Apenas da correria e do resultado do ENEM!! Esse ano a Teacher vai fazer junto com vocês para ver a quantas andam! Começam a estudar desde já e façam o seu roteiro de estudo!!

Como estamos acostumados/as com nosso idioma, muitas vezes tentamos traduzir um outro idioma (espanhol, inglês….) de acordo com nossa gramática, o que nos causa uma grande confusão e a acreditar que nunca vamos falar ou entender o dito cujo!
A Teacher listou alguns ERROS MAIS COMUNS QUE OS BRASILEIROS FAZEM EM INGLÊS para reconhecermos e hoje estou de PLANTÃO aqui, ou seja, podem me chamar in box ou nos comentários que vou responder as dúvidas que vocês tiverem ou alguma curiosidade!
Are u ready!?
3, 2, 1
Go!!

1 – Fazer faculdade: go to college
Para dizer que frequenta/estuda em alguma faculdade faça uso de “go” (como mostrado abaixo) ou “study”. Não utilize “make” ou “do”.

He goes to college at night. [Ele faz faculdade à noite.]
Se quiser dizer que “estudou em alguma escola”, “fez (curso em) alguma escola” por exemplo, na Winner, diga “I studied at Winner” e não “I did ou made Winner”. Esteja atento a isso.

2 – Fazer (uma) cirurgia: have surgery
Não faça uso de “make” ou “do” no caso de “passar por uma cirurgia”. Também não utilize o artigo “a” com “surgery”.

She is going to have surgery next month. [Ela vai fazer passar por) uma cirurgia no mês que vem.]
Não use “let’s” (let us) na interrogativa.
Ao fazer um convite ou sugestão com “let’s…” (vamos…) não utilize o sinal de interrogação nem a entonação de pergunta. São incorretas frases como “let’s eat pizza?”, “let’s study together?” ou “let’s stop?”. No lugar disso diga “let’s eat pizza“, “let’s study together” e “let’s stop“.

Se quiser convidar ou sugerir na interrogativa faça uso de “shall“, por exemplo, “shall we eat pizza?” (vamos comer pizza?), “shall we study together?” (vamos estudar juntos?) ou “shall we stop?” (vamos parar?).

3 – Fazer uma festa: have a party
Para dizer “fazer uma festa” não faça uso de “do” nem de “make”. Além de “have” você também pode utilizar “give” ou “throw”.

We’re going to have a party tomorrow. [Nós vamos fazer uma festa amanhã.]

4 – Fazer tratamento: have treatment; take treatment
Não utilize “make” ou “do” com “treatment”.

He’s having treatment in the hospital now. [Ele está fazendo tratamento no hospital agora.]

5 – Fazer uma operação: have an operation
Não faça uso de “make” nem de “do” neste caso. Não diga “make an operation” nem “do an operation” quando o contexto for “passar por uma operação”.

He was sick and had an operation last week. [Ele estava doente e fez passou por) uma operação na semana passada.]

Eu não faço ideia; você não faz ideia: I have no idea; you have no idea

Quando quiser falar que “não faz ideia” no sentido de “não saber/não ter conhecimento/informação a respeito de alguma coisa” não use “I don’t make idea” ou “I don’t do idea”. A forma adequada é com “have“.

6 – Andar nem sempre é “walk“.
“Walk” equivale a “andar a pé”. Não diga, por exemplo, “walk by car“, “walk by motorcycle” ou ainda “walk on foot” (forma redundante). Uma boa opção é fazer uso de “get around“. Confira nos exemplos a seguir:

I like walking. [Eu gosto de andar (a pé).]
We get around by car almost every day. [Nós andamos (nos locomovemos) de carro quase todos os dias.]
He gets around by motorcycle during the week.[Ele anda (se locomove) de moto durante a semana.]

Fazer um teste; fazer uma prova: take a test; do a test
Neste caso, não recorra a “make”. As formas adequadas são com “take” ou “do”. Ainda é possível dizer “sit a test”.

We will take a test after the classes. [Nós iremos fazer uma prova depois das aulas.]

Tomar (um) remédio (medicamento): take a medication; take a medicine
Use “drink” apenas quando se tratar de medicamento líquido em situações isoladas. Nos dois casos, líquido ou não, “take” é uma opção adequada que deve sempre ser a escolhida quando estivermos falando do uso contínuo de medicamentos.

As usual, the boy takes his medicine and goes to bed. [Como de costume, o menino toma seu remédio e vai dormir.]

She drank the cough syrup, but complained a lot. [Ela tomou o xarope para tosse, mas reclamou muito.]

Fazer coisas em geral (sem mencionar o que): do things
Não utilize “make” neste caso.

I usually do a lot of things in my free time. [Eu costumo fazer muitas coisas nas minhas horas vagas.]

Find something to do now. [Encontre alguma coisa para fazer agora.]

Come on! Don’t just stand there. Do something.[Vamos lá! Não fique aí parado. Faça alguma coisa.]

7 – “Muito”
Nem sempre é “very” em inglês. Há outras opções: many, a lot (of)e much. Não saia por aí usando “very” toda vez que quiser dizer “muito”.

I have many a lot of) friends. [Eu tenho muitos amigos.]

They work a lot. [Eles trabalham muito.]

You joke a lot. [Você brinca muito.]

Do you drink much water?[Você toma muita água?]

Regra básica resumida: “many” antes de substantivos contáveis no plural; “a lot of” com substantivos contáveis ou incontáveis; “much” para substantivos incontáveis; “a lot” modificando verbos.

8 – Não se usa “to” depois de verbos modais (can, may, might, must, should, could etc).
Não diga, por exemplo, “I can to go” (eu posso ir), “you must to stay here” (você deve ficar aqui) ou “she could to help us” (ela poderia nos ajudar). O correto é “I can go“, “you must stay here” e “she could help us“. Ou seja, sempre sem “to” depois do modal verb.

9 – Ficar nem sempre é “stay” em inglês.
“Stay” equivale a “ficar” no sentido de “permanecer” em algum lugar ou condição. Há outras opções mais adequadas dependendo do contexto, por exemplo, “get” que é “ficar” no sentido de “tornar-se”. Resumindo: em relação ao uso com adjetivos, “get” indica mudança de estado e “stay” permanência naquele estado.

Stay here today. [Fique (permaneça) aqui hoje.]
He stayed rich. [Ele ficou (permaneceu) rico.]
He got rich. [Ele ficou (tornou-se) rico.]
I want to stay in shape. [Eu quero ficar (permanecer) em forma.]
I want to get in shape. [Eu quero ficar (entrar em) forma.]

10 – Não diga “pensar em” com “think in” ou “think to“.
Faça uso de “think of” ou “think about”. É incorreto dizer, por exemplo, “I think in you” (eu penso em você) ou “do you think to go there?” (você pensa em ir para lá?). As formas adequadas são “I think of you” ou “I think about you” – eu penso em você – e “do you think of going there?” ou “do you think about going there?” – você pensa em ir para lá? – não se esqueça disso!

Espero ter ajudado!!!! Se vocês tiverem qualquer outra dúvida vou estar aqui hoje com vocês!!

Best Regards!

Cursou Língua Inglesa para aperfeiçoamento pelo Programa Inglês Sem Fronteiras pela CAPES. Ministrou curso de Língua Espanhola em um curso específico preparatório para o ENEM no CCAA de Rio Casca, em Minas Gerais. Atuou como facilitadora de língua inglesa - Pro Jovem Adolescente (2009/2011), na Wizard Idiomas (2005/2009), na Neway Idiomas (2012) e na MinasBrasil Cursos & Idiomas (2015/2016; docente de Inglês Instrumental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará pelo programa federal PARFOR, onde atuou como bolsista e pelos cursos técnicos em Eventos e Informática para Internet.
COMPARTILHE!

Alessandra Ramalho

Cursou Língua Inglesa para aperfeiçoamento pelo Programa Inglês Sem Fronteiras pela CAPES. Ministrou curso de Língua Espanhola em um curso específico preparatório para o ENEM no CCAA de Rio Casca, em Minas Gerais. Atuou como facilitadora de língua inglesa - Pro Jovem Adolescente (2009/2011), na Wizard Idiomas (2005/2009), na Neway Idiomas (2012) e na MinasBrasil Cursos & Idiomas (2015/2016; docente de Inglês Instrumental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará pelo programa federal PARFOR, onde atuou como bolsista e pelos cursos técnicos em Eventos e Informática para Internet.

Gostou? Deixe uma resposta!