Fusos horários

Nesta aula vamos abordar sobre os fusos horários. Para esta aula é necessário relembrar as aulas passadas

Fusos horários

O fuso horário serve para determinar o tempo solar médio de cada região do mundo. Ou seja, é através dos fusos horários que medimos os horários de uma região em qualquer ponto da superfície.

O fuso horário foi criado em 1884 no congresso Internacional em Wasghinton (EUA), quando definiram que o meridiano de Greenwich seria o ponto determinante dos fusos horários.

A finalidade do fuso horário é convencionar sobre as diferenças de horas entre os vários lugares da Terra, tendo uma forma comum de marcar a hora local, tendo como referência o meridiano de Greenwich (chamado também de meridiano inicial).

A Terra foi dividida em 24 fusos, sendo que cada fuso equivale a 15º. Observe e entenda o cálculo:

  • 360º é o total da medida da circunferência da Terra.
  • Se dividir 360 pela duração da rotação da Terra (24h) teremos 15º por 1 hora – ou seja, a cada 15º é contado uma hora;

Regiões adiantadas ou atrasadas

Lembrando que o movimento aparente do Sol é de leste para oeste, por assim, as regiões situadas a leste do meridiano de Greenwich estão mais adiantadas do que a região a oeste.

Lembrar que o movimento aparente do Sol (leste para oeste) é ao contrário do movimento de rotação da Terra (oeste para leste)

 

Partindo do meridiano de Greenwich, ao avançamos a cada 15º para o oeste, diminui-se 1 hora. No mesmo sentido, cada vez que avançarmos 15º para leste, aumentamos 1 hora.

É muito importante anotar e memorizar a seguinte informação: em relação ao meridiano de Greenwich a hora aumenta (adianta) para leste e diminui (atrasam) para oeste.

Perceba que quando nós brasileiros estivermos prestes a iniciar a festa do réveillon no dia 31 de dezembro a meia-noite, os japoneses, situados a 12 fusos a leste do Brasil, estão acordando da festa do réveillon às 12h (meio-dia) do dia 01 de janeiro do novo ano.

Outro exemplo é que o litoral brasileiro, situado na porção leste do território, é a região que recebe primeiro a iluminação. Portanto, sempre podemos ver o nascer do sol no nosso litoral, mas jamais o por do sol.

Greenwich Mean Time (GMT)

A hora marcada em Greenwich é chamada de GMT (Greenwich mean time). O GMT calcula a distância de um ponto em relação ao Greenwich sobre a hora marcada.

Por exemplo:

a) Caso apareça -2 GMT, significa que o fuso horário é:

(-2) x 15º = -30º ou seja, a região está localizada no fuso horário 30º O. Nesse caso, o ponto está a menos de 2 horas em relação a Greenwich 

b) Caso apareça +10 GMT, significa que:

(+10) x 15º = + 150º, ou seja, a região está localizada no fusos horário 150º L;

Considerações

Neste post a intenção foi apenas explicar a parte teórica sobre os fusos horários. Caso quiser entender o conteúdo na prática, com a resolução de exercícios, acesse aqui.

Graduado e mestre em Geografia pela Unesp, campus de Presidente Prudente (SP). É atualmente professor de geografia em escolas particulares e públicas e professor de geopolítica em cursinho preparatório para vestibular. Escreve no Geografia no Vestibular e no Educa Help.
COMPARTILHE!

Leandro Nieves

Graduado e mestre em Geografia pela Unesp, campus de Presidente Prudente (SP). É atualmente professor de geografia em escolas particulares e públicas e professor de geopolítica em cursinho preparatório para vestibular. Escreve no Geografia no Vestibular e no Educa Help.

Gostou? Deixe uma resposta!