Grandezas Físicas e Sistema Internacional de Unidades

Grandezas Físicas

Podemos chamar de grandeza física tudo o que pode ser medido e associado a um valor numérico e a uma unidade, ou seja, medir uma grandeza física nada mais é do que compará-la com um padrão. É fundamental que as unidades e os padrões possam ser reconhecidos por cientistas de qualquer parte do mundo, isto é, eles devem ser acessíveis e invariáveis.

Existem dois tipos de grandezas físicas: as escalares e as vetoriais. As grandezas vetoriais precisam de um módulo (ou intensidade), direção e sentido, já as escalares necessitam apenas de um módulo.

Mas por que essa diferença?

Conseguimos entender perfeitamente quando a previsão do tempo nos informa que o dia terá máxima 28 ºC. Isso acontece porque a temperatura é uma grandeza escalar, logo, precisa somente de uma intensidade e unidade de medida correspondente.

O contrário ocorre quando queremos informar como um carro se desloca. Para isso, não basta apenas fornecer o valor de sua velocidade (V = 70 km/h), é preciso informar também uma direção (Norte-sul) e um sentido (do Sul para o Norte) para qual o carro está se deslocando. Isso tudo é necessário porque a velocidade é uma grandeza vetorial.

 

Sistema Internacional de Unidades 

O Sistema Internacional de Unidades (SI) é um sistema que reúne e padroniza as unidades de medidas para que diferentes países possuam uma boa comunicação. Por exemplo, de acordo com o SI, o metro (m) é a unidade padrão da grandeza chamada comprimento.

A tabela mostra as sete grandezas fundamentais de acordo com o SI:

Diariamente, costumamos medir a distância em quilômetros, pesamos alimentos em gramas e marcamos o tempo em horas. Tais unidades (quilômetro, grama e hora) são derivadas das unidades fundamentais do SI.

O quadro mostra algumas dentre as inúmeras unidades derivadas existentes.

Alguns vestibulares já cobraram as regras sobre a escrita correta das unidades de medidas, portanto, devemos ficar atentos.

  • Não se deve escrever o nome da unidade com letra maiúscula, salvo início de frase e o termo “grau Celsius”.

Correto: quilômetro, ano-luz.

  • A unidade pode ser representada pelo seu nome ou símbolo.

Correto: grandeza: massa ⇒ nome: quilograma ⇒ símbolo: kg

  • Símbolo não é abreviatura. É um sinal convencional e invariável, portanto, não há plural, e ponto somente em final de frase.

Correto: metro = 1 m ⇒ metros = 30 m | segundo = 1 s ⇒ segundos = 30 s

Errado: metro = 1 mt ⇒ metros = 30 mts | segundo = 1 seg ⇒ segundos = 30 segs

  • Não se deve misturar nome e símbolos na escrita de unidades compostas.

Correto: metro por segundo | m/s

Errado: metro/s | m/segundo | metro por s | m por segundo

  • Escrevendo o tempo.

Correto: 10h 25min 30s

Errado: 10:25h ou 10h25’30”

E por fim, segue uma tabela de múltiplos e submúltiplos das unidades. Cada prefixo representa um fator de multiplicação correspondente a uma potência de 10.

É preciso que saiba os valores dos prefixos mais utilizados, como o mega, quilo, hecto, deca, deci, centi, mili, micro e nano.

Estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Atualmente mora em Londrina. É um dos responsáveis pela fundação do EducaHelp, plataforma de desenvolvimento de conteúdos para Pré-Vestibular.
COMPARTILHE!

Lucas Montini

Estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Atualmente mora em Londrina. É um dos responsáveis pela fundação do EducaHelp, plataforma de desenvolvimento de conteúdos para Pré-Vestibular.

Um comentário em “Grandezas Físicas e Sistema Internacional de Unidades

Gostou? Deixe uma resposta!