O “Sol da Meia Noite” e a variação na duração do dia e da noite

Para entender o sol da meia noite, é sugerido primeiramente a leitura do artigo “Movimento da Terra e a incidência desigual dos raios solares”.

Relembre fatos importantes sobre a Terra:

  • A Terra tem um formato desigual (achatamento do polo e alongamento do centro) e tem uma inclinação do eixo da Terra de 23º27”.
  • A Terra possui dois principais movimentos: o de rotação e de translação;
  • A rotação da Terra promove uma distribuição desigual da luz
  • Durante a translação, o eixo da Terra em relação ao Sol se inclina para um lado e depois para o outro (isso acontece a cada seis meses).

O “Sol da Meia Noite”

A distribuição da luz solar na Terra varia conforme o movimento em torno do sol, podendo atingir perpendicularmente a linha do Equador durante o equinócio ou perpendicularmente o Trópico de Câncer ou de Capricórnio durante o Solstício.

 Por causa da inclinação da Terra, a duração do dia e da noite possui uma variação, podendo ser o dia maior que a noite ou ao contrário.

Durante o verão, quanto mais afastado uma região é da linha do Equador em direção aos polos, maior é a duração do dia e menor a duração da noite, tendo a ideia que o sol não se põe. Esse é o fenômeno “Sol da Meia Noite”.

No gif abaixo é possível ver o círculo polar ártico (círculo em vermelho) e os países escandinavos (círculo amarelo), regiões mais próximas dos polos, recebendo uma maior duração do dia, e tendo o fenômeno do “Sol da Meia Noite”.

Animated GIF  - Find & Share on GIPHY

No Hemisfério Norte, o “Sol da Meia Noite” pode ser observado nas regiões mais próximas ao círculo polar ártico, como Canadá, Dinamarca, Finlândia, Noruega, Rússia e Suécia. No Hemisfério Sul, o fenômeno pode ser visto na Antártida.

Nesse momento é que ocorre o “Sol da Meia Noite” quando o sol não se põe nas regiões de alta latitude.

Ao contrário, as regiões polares durante o inverno, tem a diminuição dos raios solares e o aumento da duração das noites.

No polo sul o fenômeno ocorre entre outubro e março, já no polo norte é entre abril e setembro. Nas altas latitudes, a duração do dia solar ou da noite pode durar 6 meses.

Este tema, embora não seja muito relacionado ao vestibular, é muito importante para entender a distribuição desigual da luz solar na Terra. Essa desigualdade de luz solar, provoca uma variação climática que afeta a sociedade dessas regiões.

Graduado e mestre em Geografia pela Unesp, campus de Presidente Prudente (SP). É atualmente professor de geografia em escolas particulares e públicas e professor de geopolítica em cursinho preparatório para vestibular. Escreve no Geografia no Vestibular e no Educa Help.
COMPARTILHE!

Leandro Nieves

Graduado e mestre em Geografia pela Unesp, campus de Presidente Prudente (SP). É atualmente professor de geografia em escolas particulares e públicas e professor de geopolítica em cursinho preparatório para vestibular. Escreve no Geografia no Vestibular e no Educa Help.

3 comentários em “O “Sol da Meia Noite” e a variação na duração do dia e da noite

Gostou? Deixe uma resposta!