A Partilha da Palestina e a criação do Estado de Israel

O Plano da Partilha da Palestina dividiu a região entre árabes e judeus, possibilitando a criação do Estado de Israel. Este plano é praticamente incitou conflitos entre árabes e judeus. Até hoje, é reivindicado a criação do Estado da Palestina.

Semana passada publicamos o texto Da terra prometida ao movimento sionista que esclarece o motivo histórico da disputa pela “terra prometida” chamada de Palestina.

Sobre a partilha e o início das tensões entre judeus e árabes.

Com o holocausto judeu pelo nazismo, a migração judaica aumenta para a região da Palestina. Além da perseguição ao judeu, o movimento sionista fortalece sentimentos de migração judaica para a Palestina. Os países árabes ficaram incomodados com o aumento de imigrantes judeus tendo tensão que viria a seguir com conflitos entre judeus e árabes-palestinos.

Para resolver o conflito, a Grã-Bretanha encaminha para a ONU uma proposta para partilhar a Palestina em dois Estados: o judeu e o árabe-palestino. A partilha foi aprovada pela Resolução da ONU em 29 de novembro de 1947.

No mapa é destacado a divisão da Partilha de 1947. O território judeu é ampliado e o território Palestino se restringe. A cidade de Jerusalém que se localiza dentro do território palestino, é considerada uma zona internacional, sem pertencer a nenhuma nação, por conta de sua importância religiosa.

Sobre a aprovação da Resolução na ONU, 33 nações votaram a favor da Partilha (dentre estes, votam a favor Estados Unidos, a extinta União Soviética e o Brasil) e 13 votaram contra (destes dez nações de origem islâmicas e Cuba, Grécia e Índia) e ainda 10 nações se abstiveram (fonte).

Como a maioria da população na Palestina era de árabes (estima-se que viviam 1,3 milhões de árabes e pouco mais de 600 mil judeus), os países árabes não aceitaram a resolução da partilha por não aceitar a perca do território para os judeus (o que vira a criar tensões entre judeus e árabes). Inicia nesse momento a Questão da Palestina.

A criação do Estado de Israel e a Guera pela Independência (1948-1949)

Resultado de imagem para estado de israel
A Estrela de Davi é um antigo símbolo do judaísmo, sendo adotada em 1948 como emblema do Estado de Israel, oficialmente criado em 14 de maio de 1948.

Em 1948, após a Partilha que divide a região da Palestina em duas, os britânicos encerram o seu mandato e os judeus iniciam uma pressão pela independência criando o Estado de Israel no dia 14 de maio de 1948. Após esse conflito surgiria a resposta dos países árabes com a Primeira Guerra Árabe-Israelense (1948-1949).

Na próxima semana publicaremo sobre a Primeira Guerra Árabe-Israelense (1948-1949), que foi uma resposta dos países árabes sobre  

Saiba mais: aqui no Educa help foi publicado um especial com textos sobre o Conflito entre Israel e Palestina, destacando a origem do conflito entre judeus e palestinos para compreender os problemas presentes até hoje na região, confira os demais textos acessando aqui.

Bibliografias consultadas 

VISENTINI, Paulo Fagundes. A Guerra Fria, a ONU e a Pax Americana (1945-1961).  In: Manual do candidato: história mundial contemporânea (1776-1991): da independência dos Estados Unidos ao colapso da União Soviética. . 3ª edição. Brasília: FUNAG, 2012. 283p.

PARKER, Philip. O nascimento de Israel. In: ______. Guia ilustrado Zahar: História Mundial. Tradução: Maria Alice Máximo. Rio de Janeiro: ZAHAR, 2011. p.384.

Material apostila Objetivo.

http://mundoestranho.abril.com.br/historia/como-foi-a-fundacao-de-israel/

http://brasilescola.uol.com.br/historiag/a-criacao-estado-israel.htm

http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/10/151015_gaza_entenda_atualiza_cc

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/historia/2114/hoje+na+historia+1947+_+onu+aprova+partilha+da+palestina+entre+arabes+e+judeus.shtml

 

Graduado e mestre em Geografia pela Unesp, campus de Presidente Prudente (SP). É atualmente professor de geografia em escolas particulares e públicas e professor de geopolítica em cursinho preparatório para vestibular. Escreve no Geografia no Vestibular e no Educa Help.
COMPARTILHE!

Leandro Nieves

Graduado e mestre em Geografia pela Unesp, campus de Presidente Prudente (SP). É atualmente professor de geografia em escolas particulares e públicas e professor de geopolítica em cursinho preparatório para vestibular. Escreve no Geografia no Vestibular e no Educa Help.

Gostou? Deixe uma resposta!