Resolvendo exercícios de escala cartográfica

A escala cartográfica é uma relação de proporção entre a dimensão real e a dimensão representada no mapa. Para relembrar a parte teórica sobre escala ver o artigo Elementos do mapa e escala.

Aqui trataremos sobre a resolução do cálculo de escala cartográfica.

1. Cálculo de escala cartográfica

O exercício de cálculo de escala cartográfica pode ser feito de duas formas. A primeira forma é através da regra de três, pois, como a escala é uma proporção basta seguir o raciocínio lógico. Por exemplo, veja o mapa a seguir:

No mapa acima, representa que 1 cm no mapa equivale a 1.150.000 de cm da superfície terrestre e que a distância gráfica é de 4,5 cm entre a cidade de Pelotas e Canguçu. Sabendo disso, basta fazer o seguinte, para descobrir a distância real:

A distância entre Pelotas e Canguaçu é de 5.175.000 cm, ou, aproximadamente 51 km (veja o item 2.Conversão de unidade de medidas de escala).

A segunda forma possível para o cálculo da escala cartográfica é explicada pela seguinte figura:

Sendo que:
  • D significa a dimensão real representada (Terra). Geralmente este objeto real está representado em km.
  • E significa a escala representada no mapa. Ou seja, é a proporção entre a dimensão real e a dimensão representada no mapa. Nesse tipo, a escala pode ser representada tanto de forma numérica quanto gráfica.

Lembre-se que a escala é habitualmente representada em cm.  Caso a escala esteja em outra dimensão, obrigatoriamente deverá estar indicada na escala (podendo ser em km ou mm).

  • d significa o objeto representado no mapa. Na maioria das vezes, este dado é representado em cm.

Feito este entendimento basta conferir o seguinte:

2. Conversão de unidade de medidas de escala

Geralmente, nos exercícios de escala será necessário converter um dado para outra unidade de medida. O quadro abaixo destaca a escala métrica.

Na maioria das vezes, o exercício de vestibular sempre tem as escalas métricas mais comuns: km, metros e cm.
Portanto, anote o seguinte:
  • de km para cm: adiciona-se 5 zeros.
  • de cm para km: corta-se 5 zeros. 
  • de km para metro: adiciona-se 3 zeros. 
  • de metro para km: corta-se 3 zeros.
  • de cm para metro: corta-se 2 zeros
  • de metro para cm: adiciona-se 2 zeros

Por exemplo: a Escala 1:5.000.000, que significa que 1 cm no mapa representa 5.000.000 cm do objeto real. O dado de 5.000.000 cm equivale em km a:

50 km (de km para cm, corta-se 5 zeros):

Lembre-se também que 1 km equivale a 1.000 metros  (de km para m, adiciona-se 3 zeros)

3. Exercício de escala

(UFPB) Escala gráfica, segundo Vesentini e Vlach (1996, p. 50), “é aquela que expressa diretamente os valores da realidade mapeada num gráfico situado na parte inferior de um mapa”. Nesse sentido, considerando que a escala de um mapa está representada como 1:25000 e que duas cidades, A e B, nesse mapa, estão distantes, entre si, 5cm, a distância real entre essas cidades é de:
a) 25.000 m
b) 1.250 m
c) 12.500 m
d) 500 m
e) 250 m

Resolução:

Pelo enunciado sabemos:

  • E = 25.000 cm
  • d = 5 cm
  • D = ?

Para isso,

 

1ª forma: regra de três

2ª forma: 

Assim,

D = E x d

D = 25.000 x 5

D = 125.000 cm

Perceba que os dados das alternativas estão em metros e que nosso dado está em cm.

Para converter cm para metros, basta cortar 2 zeros. Assim:

1.250 (alternativa b)

Graduado e mestre em Geografia pela Unesp, campus de Presidente Prudente (SP). É atualmente professor de geografia em escolas particulares e públicas e professor de geopolítica em cursinho preparatório para vestibular. Escreve no Geografia no Vestibular e no Educa Help.
COMPARTILHE!

Leandro Nieves

Graduado e mestre em Geografia pela Unesp, campus de Presidente Prudente (SP). É atualmente professor de geografia em escolas particulares e públicas e professor de geopolítica em cursinho preparatório para vestibular. Escreve no Geografia no Vestibular e no Educa Help.

Gostou? Deixe uma resposta!