Revisando algumas fórmulas da Cinemática

 

Vamos rever as fórmulas aprendidas aqui no blog e iremos estudar alguns exercícios resolvidos.

Velocidade:

1. Um macaco que pula de galho em galho em um zoológico, demora 6 segundos para atravessar sua jaula, que mede 12 metros. Qual a velocidade média dele?

S = 12 m              t = 6 s                v = ?

2. Durante uma corrida de 100 metros rasos, um competidor se desloca com velocidade média de 5m/s. Quanto tempo ele demora para completar o percurso?

Vm = ΔS / Δt , se isolarmos t:

 

M.R.U.

3. Um carro desloca-se em uma trajetória retilínea descrita pela função S=20+5t (no SI). Determine:

(a) a posição inicial;

(b) a velocidade;

(c) a posição no instante 4 s;

(d) o espaço percorrido após 8 s;

(e) o instante em que o carro passa pela posição 80 m;

(f) o instante em que o carro passa pela posição 20 m.

Comparando com a função padrão: S final = S inicial + V.Δt

(a) Posição inicial= 20 m

(b) Velocidade= 5 m/s

(c) S= 20+5t

S= 20+5.4

S= 40 m

(d) S= 20+5.8

S= 60 m

ΔS = S – S0

ΔS = 60 – 20 = 40 m

(e) 80= 20+5t

80-20=5t

60=5t

12 s = t → t = 12 s

(f) 20= 20+5t

20-20= 5t

t= 0

 

4. Um carro, se desloca a uma velocidade de 20 m/s em um primeiro momento, logo após passa a se deslocar com velocidade igual a 40 m/s, assim como mostra o gráfico abaixo. Qual foi a distância percorrida pelo carro?


Tendo o gráfico da v x t, o deslocamento é igual à área sob a reta da velocidade. Então:

S= Área A + Área B

S= 20 x 5 + 40 x (15-5)

S= 100 + 400

S= 500 m

M.R.U.V.

5. Uma partícula em movimento retilíneo movimenta-se de acordo com a equação v = 10+3t, com o espaço em metros e o tempo em segundos. Determine para essa partícula:

a) A velocidade inicial;

b) A aceleração;

c) A velocidade quando t= 5 s e t= 10 s

a) Para encontrar o valor da velocidade inicial, devemos comparar a equação acima com a função horária da velocidade:

V = vo+ at
V = 10 + 3t

A partir dessa comparação, vemos que o termo que substituiu a velocidade inicial (v0) da fórmula é o número 10. Portanto, podemos concluir que v0= 10 m/s

b) Comparando novamente as equações, vemos que o que substitui a aceleração (a) na equação é o número 3. Portanto, a = 3 m/s2

c) Quando t = 5s

v = 10 + 3.5
v = 10 + 15
v = 25 m/s

Quando t = 10 s

v = 10 + 3.10
v = 10 + 30
v = 40 m/s

 

Referências:

http://www.sofisica.com.br/conteudos/Mecanica/Cinematica/questoes.php

http://exercicios.mundoeducacao.bol.uol.com.br/exercicios-fisica/exercicios-sobre-movimento-uniformemente-variado.htm

Estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Atualmente mora em Londrina. É um dos responsáveis pela fundação do EducaHelp, plataforma de desenvolvimento de conteúdos para Pré-Vestibular.
COMPARTILHE!

Lucas Montini

Estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Atualmente mora em Londrina. É um dos responsáveis pela fundação do EducaHelp, plataforma de desenvolvimento de conteúdos para Pré-Vestibular.

Gostou? Deixe uma resposta!