Desvendando o MUCHO e o MUY

Buenas noches, mis queridos/as!

Quer saber uma confusão boa é compararmos espanhol e português como se fosse a mesma regra. Apesar de estarmos sendo rodeados pela língua espanhola, “uma coisa é uma coisa…. outra coisa é coisa”!

E hoje não vai ser diferente…. As palavras “muy” e  “mucho” são ambas traduzidas como muito. No entanto, elas apresentam usos e funções distintas no espanhol, o que muitas vezes causa certa confusão e equívocos.

Quanto ao sentido, podemos estabelecer as seguintes regras:

MUCHO é um quantificador

MUY é um intensificador

Quanto à forma, podemos estabelecer as seguintes regras:

MUCHO + substantivo

verbo + MUCHO

MUY + adjetivo

MUY + advérbio

MUCHO + substantivo

Neste caso é “mucho” é um adjetivo, pois acompanha um substantivo, concordando com ele em número e gênero. Veja os seguintes exemplos:

Tiene mucho dinero. (Tem muito dinheiro.)
Tiene muchos amigos. (Tem muitos amigos.)
Tiene muchas amigas. (Tem muitas amigas.)

Atenção: o uso de mucho, muchos, mucha, muchas com “más” (mais) ou com “menos” (menos) também é variável, ou seja, acompanha o substantivo ao qual se refere. Veja os exemplos:

Este diccionario tiene mucha  más  información que el otro. (Este dicionário tem muito mais informação do que o outro.)
Esta gramática tiene muchos menosejemplos que la otra. (Esta gramática tem muito menos exemplos do que a outra.)

verbo + MUCHO

Neste caso “mucho” é um advérbio, pois acompanha um verbo e não apresenta variação de número ou gênero. Veja os seguintes exemplos:

Trabaja mucho. (Trabalha muito.)
Come mucho. (Come muito.)

Para compreender melhor, observe as frases:

Come mucho (Come muito.)
Come mucho pescado (Come muito peixe.).

Na frase “Come mucho” o que está quantificado é o ato de comer, independente do que se está comendo. Já na frase “Come mucho pescado” o que está quantificado é a quantidade de pescado sendo comida. Desta forma, enquanto no primeiro caso “mucho” exerce a função de advérbio (porque quantifica uma ação, ou seja, modifica um verbo), no segundo cumpre a função de adjetivo, já que quantifica um substantivo.

Mucho como superlativo:

Mucho também pode ser utilizado como superlativo. Veja o exemplo:

¿Había mucha gente? (Havia muita gente?)
Sí, muchísima. (Sim, muitíssima.).

MUY + adjetivo

Neste caso, “muy” intensifica um adjetivo, ou seja, alguma característica, qualidade ou estado de algo ou de alguém. Por exemplo:

Está muy triste. (Está muito triste.)
Es muy fácil. (É muito fácil.)
Es muy bueno. (É muito bom.)

MUY + advérbio

Neste caso, “muy” intensifica outro advérbio. Por exemplo:

Está muy bien. (Está muito bem.)
Habla muy alto. (Fala muito alto.)
Llegó muy temprano. (Chegou muito cedo.).

São exceções às regras:

a) Se usa “mucho” diante dos seguintes adjetivos: mejor (melhor), peor (pior), mayor (maior), menor (menor). Por exemplo: mucho mejor (muito melhor),mucho peor (muito pior), mucho mayor (muito maior), mucho menor (muito menor).
b) Se usa “mucho” diante dos seguintes advérbios: más (mais), menos (menos), antes (antes), después (depois).Exemplos: mucho más (muito mais), mucho menos (muito menos), mucho antes (muito antes), mucho después (muito depois).
Espero ter ajudado meus amados!
Nos vemos semana que vem!!
Alê

 

Cursou Língua Inglesa para aperfeiçoamento pelo Programa Inglês Sem Fronteiras pela CAPES. Ministrou curso de Língua Espanhola em um curso específico preparatório para o ENEM no CCAA de Rio Casca, em Minas Gerais. Atuou como facilitadora de língua inglesa - Pro Jovem Adolescente (2009/2011), na Wizard Idiomas (2005/2009), na Neway Idiomas (2012) e na MinasBrasil Cursos & Idiomas (2015/2016; docente de Inglês Instrumental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará pelo programa federal PARFOR, onde atuou como bolsista e pelos cursos técnicos em Eventos e Informática para Internet.
COMPARTILHE!

Alessandra Ramalho

Cursou Língua Inglesa para aperfeiçoamento pelo Programa Inglês Sem Fronteiras pela CAPES. Ministrou curso de Língua Espanhola em um curso específico preparatório para o ENEM no CCAA de Rio Casca, em Minas Gerais. Atuou como facilitadora de língua inglesa - Pro Jovem Adolescente (2009/2011), na Wizard Idiomas (2005/2009), na Neway Idiomas (2012) e na MinasBrasil Cursos & Idiomas (2015/2016; docente de Inglês Instrumental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará pelo programa federal PARFOR, onde atuou como bolsista e pelos cursos técnicos em Eventos e Informática para Internet.

Gostou? Deixe uma resposta!